Jovem perde estágio na NASA ao celebrar vaga usando palavrão

Comentário foi visto por um engenheiro que respondeu à jovem

NASA logo at the Kennedy Space Center. Florida Credit: Getty

Esta história poderia ser encarada como um alerta para quem ainda não acredita que o patrão (atual ou futuro) não vai prestar atenção ao que o colaborador publica nas redes sociais. Naomi H., uma utilizadora de Twitter que não é identificada, recorreu àquela plataforma para manifestar o seu contentamento depois de ser aceita para um estágio na NASA.

A jovem, numa sequência de ‘tweets’ que foi apagada, escreveu apenas uma frase, em capitulares, que pode ser assim traduzida (tradução livre): “F*****, nem posso acreditar, fui aceita para um estágio na NASA”.

A publicação da jovem teve uma resposta de um homem chamado Homer Hickman: “Atenção à linguagem”. Naomi, no entanto, não levou o comentário a sério e respondeu, literalmente: “Suck my dick and balls, I’m working for NASA”.

A tradução livre seria algo como “Chupa meu pênis, vou trabalhar para a NASA”.

Se fosse uma pessoa qualquer, seria apenas mais um troca de comentários bem humorados (ainda que explícitos) nas redes sociais, mas Hickman – quis o destino – é um antigo engenheiro da NASA, atual membro do Conselho Nacional do Espaço e a personagem central do filme ‘October Sky’ (1999), cujo argumento foi escrito com base nas suas memórias.

A conta de Twitter de Naomi é agora privada mas um outro utilizador veio à rede social anunciar que a jovem havia perdido o estágio na agência espacial norte-americana.

As reações ao caso foram variadas. Houve quem criticasse a “preguiça” da jovem em pesquisar o nome de Hickman ou a própria atitude displicente, mas também quem criticasse o fato de ter sido despedida por esta razão, dirigindo-se críticas a Homer Hickman.

O engenheiro, porém, escreveu uma reação no seu blog pessoal, admitindo a sua reação ao ‘tweet’ da jovem, por se preocupar com o impacto que teria, mas negando que tenha sido ele que tomou a decisão. “Sou um veterano do Vietnã, não me ofendem os palavrões”, explicou.

Hickman explicou que a jovem lhe enviou um pedido de desculpas “desnecessário”, e que ele lhe enviou um de volta. “Depois de falar com ela e de ter analisado o seu currículo, estou certo de que ela merece um lugar na indústria espacial e estou fazendo o possível para lhe assegurar um que até melhor do que o que perdeu”, garantiu.

Não é ainda sabido se o emprego já aconteceu, mas a NASA não respondeu a um pedido de comentário da revista Newsweek.

Compartilhe
  •  
  • 14
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •