Brasil tem 30 dias para cobrir dívida de US$ 275 milhões da Venezuela

Calote será assumido pelo governo brasileiro por meio do Fundo de Garantia à Exportação, vinculado ao Ministério da Fazenda

O governo do Brasil tem 30 dias, a partir desta terça-feira (8,) para ressarcir em US$ 275 milhões bancos que financiaram exportações para a Venezuela, entre eles o BNDES. De acordo com informações do G1, a dívida será assumida Fundo de Garantia à Exportação (FGE), estrutura ligada ao Ministério da Fazenda.

O FGE foi criado para cobrir garantias prestadas pela União em operações de seguro para a exportações do país. Essas garantias asseguram que as empresas nacionais recebam pelos serviços e produtos vendidos no exterior em caso de calote do comprador.

 

O país comandado por Nicolás Maduro acumulou dívida referente ao pagamento de garantias dadas pelo Tesouro Nacional a empresas brasileiras que fizeram obras de infraestrutura na Venezuela. O prazo para o pagamento era janeiro deste ano.

“A parcela vencida em janeiro de 2018 e ainda não paga pela Venezuela (US$ 274,96 milhões) poderá ser honrada pelo FGE a partir de 8 de maio. Os garantidos devem notificar o não pagamento e o FGE terá 30 dias para honrar a indenização. Há tratativas em curso para a renegociação da dívida”, informou o Ministério da Fazenda, em nota.

LEAVE A REPLY