Bolsonaro comemorou prisão de italiano, ontem, na Bolívia

Presidente chama Battisti de terrorista e companheiro do PT

O presidente Jair Bolsonaro comemorou hoje (13) a prisão do italiano Cesare Battisti, chamando-o de “terrorista” e “companheiro” do PT.

“Parabéns aos responsáveis pela captura do terrorista Cesare Battisti! Finalmente a justiça será feita ao assassino italiano e companheiro de ideais de um dos governos mais corruptos que já existiram do mundo (PT)”, escreveu o presidente em seu perfil no Twitter.

 

View image on TwitterView image on Twitter

Polizia di Stato

@poliziadistato

 

team di poliziotti italiani con polizia boliviana ha individuato e catturato
Fondamentale l’attività dei poliziotti Antiterrorismo italiano e del Servizio Cooperazione Internazionale Polizia

2,675 people are talking about this
 
 

Battisti foi preso na noite de ontem (12), em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, um mês depois de ter sua prisão decretada no Brasil. Ele estava foragido desde 14 de dezembro e sua extradição já está autorizada. Desde a campanha eleitoral à Presidência, Bolsonaro dizia que faria o possível para extraditar Battisti, prometendo entrega-lo como “presente” ao vice-premier e ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini. (ANSA)

 

 

Compartilhe
  •  
  • 20
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •